quarta-feira, 14 de junho de 2017

Portal Teologia & Missões

* Hitler não era uma Anomalia. Hitler não era um Fenômeno! Paul Washer

"Hitler não era uma anomalia. Hitler não era um fenômeno. 

Hitler era o que cada um neste salão tem o potencial de ser. E não somente isso. Você precisa entender: ainda em toda maldade de Hitler, Hitler ainda era restringido pela graça comum de Deus. 

E você precisa saber isso: que se não fosse pela graça comum de Deus restringindo você, em seu estado não convertido, você faria com que Hitler parecesse um coroinha. 

O que nós não entendemos é o que a Palavra ensina sobre homens: Homens são maus! Você diz: eu não concordo. Isso é porque você aprendeu o suficiente para estar no cristianismo, mas você não crê na Bíblia. O testemunho das Escrituras contra você e todos homens é que nós nascemos com a maldade. E nós somos maus. 

Você tem que ensinar uma criança a mentir? Você tem que ensinar uma criança a ser egocêntrica? Você tem que ensinar uma criança a ser egoísta? Você tem que ensinar uma criança a ser bruta com outras crianças? Elas aprendem isso por si sós. Liberte-as, não as discipline e veja o que terá em 10 anos. Um monstro! Por quê? Porque o que a Palavra diz é verdade! E tapas os ouvidos e diz: “não quero escutar isso, não quero escutar isso!”. 

Da mesma maneira que uma pessoa morrendo de câncer está em negação e diz ao doutor: não quero escutar isso! não quero escutar isso! E por tapar com as mãos os ouvidos, você se fecha para qualquer remédio. A primeira coisa que você deve abraçar é isso: todos os homens nascem em pecado e entregues ao pecado e todos os homens nasceram odiando a Deus. E você diz “ah, eu nunca odiei a Deus.” Sim, odeia. Se não odiou a Deus, Se em seu estado não convertido você não odiou a Deus então a Bíblia não é verdadeira. Porque a bíblia chama todos os homens “odiadores de Deus” e “inimigos de Deus”. 

Você diz: “Mas eu amo a Deus desde que era pequeno”. Não, você amou uma imagem de Deus que você criou com sua própria mente e você amou aquilo que criou, mas se alguém viesse a você e lhe apontasse o Deus da Palavra, você diria: “Eu nunca poderia amar um Deus como esse”. 

Por tantas vezes eu vou às pessoas e elas me dizem “eu tenho amado a Deus toda a minha vida” e eu digo “posso me sentar com você por meia hora e só explicar pela Palavra algumas crenças históricas e cristãs sobre Deus?” E depois de meia hora, um bom membro de igreja diria: Este não é o meu Deus. Eu tenho que dizer “claro que não é, mas é o Deus da Palavra”.

Paul Washer

Fonte: Sola Gratia 



Portal Teologia & Missões

About Portal Teologia & Missões -

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Subscribe to this Blog via Email :