"AO CONTRÁRIO DE MUITOS, NÃO NEGOCIAMOS A PALAVRA DE DEUS VISANDO A ALGUM LUCRO; ANTES, EM CRISTO FALAMOS DIANTE DE DEUS COM SINCERIDADE, COMO HOMENS ENVIADOS POR DEUS". 2 Coríntios 2. 17



sexta-feira, 7 de abril de 2017

* Parousia / Definição


O QUE É A PAROUSIA?

A palavra grega Parousia era usada com o sentindo de presença ou vinda. Seu uso técnico indicava a presença ou chegada de um rei ou governante. No Novo Testamento ela é usada designar a presença (vinda) de Cristo novamente a Terra, primeiramente para os fieis e depois para os infiéis.

O assunto da Segunda Vinda de Cristo na Bíblia é um tema bem explorado pelo Espírito Santo. Só no Novo Testamento existe mais de trezentas passagens sobre a temática. O apostolo Paulo em suas epistolas menciona sobre a Parousia cerce de cinqüenta vezes. Há capítulos inteiros nos evangelhos e epístolas inteira sobre a Segunda Vinda. Portanto a Parousia de Jesus Cristo é citada nas Escrituras Sagrada oito vezes mais que a primeira vinda. Este dado ressalta a importância deste evento para o Senhor e também para o seu povo. Esta deve a esperança dos cristãos.

A Segunda Vinda de Cristo é dividida em duas fases distintas. Primeiramente Ele virá para a Igreja cujo evento está registrado em 1 Ts. 4. 13-18. Após o Salvador retornará no final da Grande Tribulação para socorrer Israel (Zc. 14. 3-5). Quando o Messias retornar para a Igreja acontecerá o arrebatamento (ressurreição dos santos e o rapto dos vivos que são fieis a Palavra de Deus).

Há varias especulações sobre a Parousia de Cristo. Até na metade do segundo século, a maioria dos cristãos acreditavam que o Salvador para reinar com eles mil anos na Terra. Durante a Idade Média, a Igreja Romana (Catolicismo), ensinava que estavam construindo a cidade eterna de Deus, anulando a promessa do Senhor Jesus que retornaria para levar a sua Igreja para eternidade (Jo. 14. 1-3).

Nos dias do apostolo Paulo circulava o falso ensino da parte de Fileto e Himeneu o qual afirmava que a ressurreição dos cristãos já havia acontecido aniquilando a fé de alguns (2 Tm. 2. 17,18). Essa falsa doutrina da ressurreição circulou como falsas epístolas de Paulo (2 Ts. 2. 1-3). Mas a Escritura é bem clara sobre esse assunto.

A Parousia virá como surpresa, como a visita de um ladrão. Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa. Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis (Mt. 24. 43,44). Por isso que o Salvador mencionou uma parábola didática (A Parábola da dez virgens Mt. 25. 1-13) sobre a importância de estarmos preparado para a Parousia. Vigiai, pois, porque não sabeis o Dia nem a hora em que o Filho do Homem há de vir (Mt. 25.13).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

💪 Nós aprendemos com Jesus que a verdadeira masculinidade não é simplesmente manter nossos narizes limpos e nossa casa em ordem. A verdadeira masculinidade significa enxergar além de nós mesmos para amar nosso próximo – e nosso próximo é qualquer um que encontramos em necessidade. O homem de verdade livremente doa seu tempo, recursos, atenção, energia e apoio emocional para aqueles que precisam, sem se preocupar em como eles podem retribuir. Seja você casado ou solteiro, se você não está servindo ao seu próximo abnegadamente e sacrificialmente, você não está exercendo completamente a masculinidade bíblica.

Phillip Holmes



Postagens populares

.

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!
Você deseja honrar o corpo de Cristo? Não o ignore quando ele está nu. Não o homenageie no templo vestido com seda quando o negligencia do lado de fora, onde ele está malvestido e passando frio. Ele que disse "Este é o meu corpo" é o mesmo que diz "Tu me vistes faminto e não me destes comida" e «quantas vezes o fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim o fizestes» (Mateus 25:40)... Que importa se a mesa eucarística está lotada de cálices de ouro quando seu irmão está morrendo de fome? Comeces satisfazendo a fome dele e, depois, com o que sobrar, poderás adornar também o altar.

João Crisóstomo, Comentário sobre Mateus

♛ Uma das características mais recorrentes das homilias de João Crisóstomo (347-407) é sua ênfase no cuidado com os necessitados. Ecoando temas do Evangelho de Mateus, ele exorta os ricos a abandonarem o materialismo para ajudar os pobres, empregando todas as suas habilidades retóricas para envergonhar os ricos e obrigá-los a abandonar o consumismo mais conspícuo:


“Honras de tal forma teus excrementos a ponto de recebê-los em vasilhas de prata quando outro homem criado à imagem de Deus está morrendo de frio?”


— João Crisóstomo


-

OREM PELOS CRISTÃOS

OREM PELOS CRISTÃOS