"AO CONTRÁRIO DE MUITOS, NÃO NEGOCIAMOS A PALAVRA DE DEUS VISANDO A ALGUM LUCRO; ANTES, EM CRISTO FALAMOS DIANTE DE DEUS COM SINCERIDADE, COMO HOMENS ENVIADOS POR DEUS". 2 Coríntios 2. 17



segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

* Stephen Charnock (1628–1680) / Biografia & Mensagens


Stephen Charnock, (1628 - 1680), Inglês teólogo e pregador puritano, nasceu na freguesia de St. Katharine Cree, em Londres. Seu pai, o Sr. Richard Charnock, era um advogado no Tribunal de Chancery, e era descendente de uma família antiga em Lancashire.
Stephen, depois de um curso preparatório, se tornou um estudante na Emmanuel College, Cambridge, onde foi colocado sob a tutela imediata do célebre Dr. William Sancroft, que se tornou mais tarde Arcebispo de Canterbury. Pouco depois de se formar ele foi para Oxford, em 1654, tornando-se inspetor do Colégio Novo, durante a chancelaria de Oliver Cromwell, líder do partido puritano.
Em 1655 Charnock foi para a Irlanda como capelão e após a morte de Henry Cromwell, Charnock retornou a Londres, dedicando-se ao estudo e pregação ocasional. Em 1675, juntamente com outro puritano, Thomas Watson, foi nomeado pastor conjunto de uma congregação presbiteriana grande em Londres.
Charnock foi reconhecido durante a sua vida como um pregador com convicções profundas, discernimento prático, e de grande aprendizado. Pouco depois de sua morte alguns de seus escritos foram editados pelos Srs. Adams de Bovino e publicado durante anos. Eles incluíram Um Discurso sobre a Divina Providência; Discursos sobre Cristo Crucificado, e Discursos sobre Regeneração, a Ceia do Senhor, e outros assuntos.
Sua fama como teólogo, no entanto, repousa principalmente sobre seus Discursos sobre a existência e atributos de Deus (1682). Um trabalho enorme que corria a alguns 1.300 páginas na primeira edição. Continua a ser um dos tratamentos mais exaustivo da doutrina de Deus no idioma Inglês, tendo sido reeditado muitas vezes. A edição completa das suas obras foi publicada em nove volumes, em 1815. J. N. Akers. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

500 ANOS DA REFORMA

500 ANOS DA REFORMA

Postagens populares

.

E SE FOSSE VOCÊ?

E SE FOSSE VOCÊ?

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!
Você deseja honrar o corpo de Cristo? Não o ignore quando ele está nu. Não o homenageie no templo vestido com seda quando o negligencia do lado de fora, onde ele está malvestido e passando frio. Ele que disse "Este é o meu corpo" é o mesmo que diz "Tu me vistes faminto e não me destes comida" e «quantas vezes o fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim o fizestes» (Mateus 25:40)... Que importa se a mesa eucarística está lotada de cálices de ouro quando seu irmão está morrendo de fome? Comeces satisfazendo a fome dele e, depois, com o que sobrar, poderás adornar também o altar.

João Crisóstomo, Comentário sobre Mateus

♛ Uma das características mais recorrentes das homilias de João Crisóstomo (347-407) é sua ênfase no cuidado com os necessitados. Ecoando temas do Evangelho de Mateus, ele exorta os ricos a abandonarem o materialismo para ajudar os pobres, empregando todas as suas habilidades retóricas para envergonhar os ricos e obrigá-los a abandonar o consumismo mais conspícuo:


“Honras de tal forma teus excrementos a ponto de recebê-los em vasilhas de prata quando outro homem criado à imagem de Deus está morrendo de frio?”


— João Crisóstomo