"AO CONTRÁRIO DE MUITOS, NÃO NEGOCIAMOS A PALAVRA DE DEUS VISANDO A ALGUM LUCRO; ANTES, EM CRISTO FALAMOS DIANTE DE DEUS COM SINCERIDADE, COMO HOMENS ENVIADOS POR DEUS". 2 Coríntios 2. 17



terça-feira, 27 de dezembro de 2016

* É Natal, eu Estou Triste... Estou Errada?

              É Natal, eu estou triste... Estou errada?



Muitas pessoas ficam triste nos dias que antecedem o Natal. As angústias, os pesadelos, as desilusões amorosas, o luto e a solidão não seguem um calendário humano.  Tudo o que acontece ao ser humano está ligado ao homem e não às datas.  Somos nós que fixamos as dores e as ligamos a determinados eventos  - festivos ou não.  Só que sentir dor, saudades, medo e desespero com a chegada de certas datas é  menos estressante do que no Natal. No Natal parece que ninguém pode ser infeliz, parece que é uma agressão pessoal. E não é.

Agressão pessoal é eu desrespeitar a dor do próximo só por ser Natal. É mais que agressivo, é incoerente. Estamos comemorando o Aniversário de Jesus, que é o símbolo maior do Amor, pois o Amor é Sua verdadeira essência e, agimos de forma contrária aos exemplos que Ele deixou?

Se alguém está triste, mesmo sendo o Natal, console-o, entenda-o, ouça-o. Sim.  Pare, dedique um tempo a esta pessoa que está perto de você e sequer consegue disfarçar a dor. Lembre-se da atitude de Jesus, quando encontrou as irmãs de Lázaro chorando, de luto pelo irmão que se fora. Jesus tinha a resposta para a dor e o desespero delas, mas antes Ele ouviu as queixas delas, deu-lhes oportunidade de exteriorizar sua dor, contar-lhes sobre a angústia que as oprimia.  E só depois de compartilhar as lágrimas e a dor que elas sentiam, Ele agiu...

E se por acaso o triste é você, esqueça seus medos de ser interpretado de forma equivocada, entenda que para ser curado de suas dores, será preciso antes exteriorizar o que te aflige... Eu poderia dizer que você deve contar seus problemas só para Deus, mas não vou ser hipócrita e nem incoerente com a Palavra de Deus. Usando as mesmas personagens bíblicas, vou mostrar que o mesmo Jesus, maravilhoso conselheiro, eterno e divino, ia à casa de Lázaro e suas irmãs, quando precisava de amigos. Achou pouca a referência,  lembre-se de Davi e Jônatas, estavam sempre em contato, principalmente quando Davi precisava de ser ouvido, entendido e acompanhado. Então, se qualquer problema te angustia quando chega o Natal, procure uma pessoa amiga, que entenda suas tristezas e converse. Assuma que essa data lhe tira o chão por tudo o que representa e, depois de uma choradeira reconfortante, agradeça a Deus, em uma oração de paz, pelos amigos fiéis e, agora, mais leve, lembre-se do Aniversariante e diga-lhe o quanto é grato pela Salvação de sua alma e pela certeza que um dia irá encontrá-lo e abraçá-lo, festejando pessoalmente o Natal.

Feliz Natal!

Por: Elisabeth Lorena Alves


Nenhum comentário:

Postar um comentário

500 ANOS DA REFORMA

500 ANOS DA REFORMA

Postagens populares

.

E SE FOSSE VOCÊ?

E SE FOSSE VOCÊ?

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!
Você deseja honrar o corpo de Cristo? Não o ignore quando ele está nu. Não o homenageie no templo vestido com seda quando o negligencia do lado de fora, onde ele está malvestido e passando frio. Ele que disse "Este é o meu corpo" é o mesmo que diz "Tu me vistes faminto e não me destes comida" e «quantas vezes o fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim o fizestes» (Mateus 25:40)... Que importa se a mesa eucarística está lotada de cálices de ouro quando seu irmão está morrendo de fome? Comeces satisfazendo a fome dele e, depois, com o que sobrar, poderás adornar também o altar.

João Crisóstomo, Comentário sobre Mateus

♛ Uma das características mais recorrentes das homilias de João Crisóstomo (347-407) é sua ênfase no cuidado com os necessitados. Ecoando temas do Evangelho de Mateus, ele exorta os ricos a abandonarem o materialismo para ajudar os pobres, empregando todas as suas habilidades retóricas para envergonhar os ricos e obrigá-los a abandonar o consumismo mais conspícuo:


“Honras de tal forma teus excrementos a ponto de recebê-los em vasilhas de prata quando outro homem criado à imagem de Deus está morrendo de frio?”


— João Crisóstomo