"Ao contrário de muitos, não negociamos a Palavra de Deus visando a algum lucro; antes, em Cristo falamos diante de Deus com sinceridade, como homens enviados por Deus".
2 Coríntios 2.17


terça-feira, 20 de setembro de 2016

* Filosofia de Nietzsche - Espiritualidade / Pr. Carlos Moreira



Nietzsche propõe que devemos “filosofar com o martelo”, referindo-se, metaforicamente, à necessidade de desconstrução dos paradigmas e pré-conceitos da existência de tal forma a podermos chegar à verdade. 

Quando olho para os religiosos deste tempo, tenho a nítida impressão de que eles transformaram o Deus dos Hebreus num deus protoindu-europeu, o Thor, aquele que tem um martelo capaz de destruir todas as coisas. Sim, esse deus que muitos teimam em apresentar ao mundo nada mais é do que uma divindade raivosa, mal humorada, enfadada do viver humano, desejosa de fazer acertos de contas com os mortais, um deus que fica na esquina esperando que o indivíduo cometa um equívoco para lhe sufocar a alma e lhe passar uma descompostura. 

Essa gente faz o que eu chamo de “teologar com o martelo”, eles são especialistas em demolição, descontroem toda a possiblidade de experimentação do prazer no existir, são mestres em frustrar qualquer coisa que produza alegria. Mal resolvidos, carrancudos, reclamões, praguejadores, vivem acometidos de uma inveja perversa de todo aquele que, livre de grilhões e correntes pelo Evangelho, consegue viver sem os cabrestos da religião comportamental, nem as mordaças de uma fé que castra a beleza dos dias e a poesia do coração...

Pr. Carlos Moreira 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

💪 Nós aprendemos com Jesus que a verdadeira masculinidade não é simplesmente manter nossos narizes limpos e nossa casa em ordem. A verdadeira masculinidade significa enxergar além de nós mesmos para amar nosso próximo – e nosso próximo é qualquer um que encontramos em necessidade. O homem de verdade livremente doa seu tempo, recursos, atenção, energia e apoio emocional para aqueles que precisam, sem se preocupar em como eles podem retribuir. Seja você casado ou solteiro, se você não está servindo ao seu próximo abnegadamente e sacrificialmente, você não está exercendo completamente a masculinidade bíblica.

Phillip Holmes



Postagens populares

.

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!
Você deseja honrar o corpo de Cristo? Não o ignore quando ele está nu. Não o homenageie no templo vestido com seda quando o negligencia do lado de fora, onde ele está malvestido e passando frio. Ele que disse "Este é o meu corpo" é o mesmo que diz "Tu me vistes faminto e não me destes comida" e «quantas vezes o fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim o fizestes» (Mateus 25:40)... Que importa se a mesa eucarística está lotada de cálices de ouro quando seu irmão está morrendo de fome? Comeces satisfazendo a fome dele e, depois, com o que sobrar, poderás adornar também o altar.

João Crisóstomo, Comentário sobre Mateus

♛ Uma das características mais recorrentes das homilias de João Crisóstomo (347-407) é sua ênfase no cuidado com os necessitados. Ecoando temas do Evangelho de Mateus, ele exorta os ricos a abandonarem o materialismo para ajudar os pobres, empregando todas as suas habilidades retóricas para envergonhar os ricos e obrigá-los a abandonar o consumismo mais conspícuo:


“Honras de tal forma teus excrementos a ponto de recebê-los em vasilhas de prata quando outro homem criado à imagem de Deus está morrendo de frio?”


— João Crisóstomo


-

OREM PELOS CRISTÃOS

OREM PELOS CRISTÃOS