"AO CONTRÁRIO DE MUITOS, NÃO NEGOCIAMOS A PALAVRA DE DEUS VISANDO A ALGUM LUCRO; ANTES, EM CRISTO FALAMOS DIANTE DE DEUS COM SINCERIDADE, COMO HOMENS ENVIADOS POR DEUS". 2 Coríntios 2. 17



quarta-feira, 21 de setembro de 2016

* Criatividade – Você a Tem – Use-a! / Júlio César Zanluca


CRIATIVIDADEVOCÊ A TEM – USE-A! 

Por:  Júlio César Zanluca

“...não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente...” – Bíblia, livro de Romanos, capítulo 12, parte do verso 2.

Todos nós recebemos um dom natural de Deus: "a criatividade". Em geral, a tolhemos por temer a ridicularização ou, simplesmente, para não correr riscos desnecessários que acabem resultando em dolorosos fracassos, quando no uso de novas experiências.

Desprezar este dom é um grande desperdício, jogamos fora a oportunidade de prestar um grande serviço aos nossos semelhantes. Quando deixamos de buscar algo novo, nos conformamos com a rotina da vida e do trabalho. Desta forma vem à tona a indiferença e a indolência. Não corra este risco!

Mas como despertar a criatividade e usá-la em proveito, e benefício, de nossas atividades diárias e/ou da carreira profissional?
  • Comece explorando suas próprias habilidades, ideias e experiências para inventariar seu potencial.
                           Quais foram suas realizações?
                            De que forma você tem contribuído para ser original e criativo?
  • Relacione-se com os que o cercam de modo mais interativo.
                          Ouça, capture ideias, seja sensível.
  • Dê tempo para gerar criatividade. Se puder, de vez em quando, opte por caminhar até o trabalho, analisando a paisagem e as pessoas. Ideias não surgem do nada, mas se originam de uma mente aberta e, obrigatoriamente, atenta.
                           Anote-as imediatamente!
  • Correlacione as suas experiências profissionais com utilidade, delas resultante, para as demais pessoas:
                         Em que poderia inovar na forma de utilizar o que sei, conheço e ajo?
                         Se tivesse que começar do zero, em suas atividades, o que faria de diferente?
  • Seja flexível! Se for o caso, procure sair do marasmo e da mesmice (“há anos que todo mundo faz isto desta forma...”).
                       Faça perguntas! Uma dúvida pode trazer inúmeras oportunidades de gerar ideias!
  • Improvise! Procure não focar excessivamente seu trabalho nas rotinas e nos materiais disponíveis.
                      Saia da rotina de vez em quando!
  • Escreva todas as possíveis soluções para determinado problema. Não descarte uma ideia só porque lhe pareceu inaplicável ou simples demais.
                    Soluções criativas podem surgir de variações de ideias originalmente consideradas inexequíveis ou simplistas.
  • Leia! O livro mais criativo do mundo é a Bíblia. Explore-a com sede de conhecimento, questionando, pesquisando e anotando suas observações e considerações:
                   Como? Onde? Por quê? Quem? De que forma? Quais os personagens envolvidos?
                   Como se aplica esta passagem a mim? O que devo mudar?
  • Interaja com pessoas fora do seu local de trabalho como, por exemplo, voluntários em causas sociais, jovens, donas de casa, estudantes.
                  Dê atenção especial às crianças, os seres mais criativos que existem - Há sempre algo a aprender com elas!

Se você é um líder, para despertar criatividade em seus liderados, seguem algumas recomendações:
  • Estabeleça um ambiente de confiança, interesse e aceitação. Não seja o "sabe-tudo", deixe espaço para eles!
  • Dê oportunidade para seus liderados se expressarem. Pior que “perder tempo” escutando, é não ter motivação para inovar.
  • Ofereça vasta gama de materiais, métodos ou recursos. Não fique na mesmice!
  • Ouça os comentários sobre as atividades do grupo, mesmo que incompletos ou incorretos. Quando for o caso, extraia, da crítica, a essência dos fatos.
  • Convide-os a escrever sobre suas experiências, aspirações, sentimentos e suposições.
  • Demonstre estar aberto a assuntos diferentes - isto pode indicar novas necessidades e oportunidades para o grupo.
  • Incentive-os a pesquisar, ler e ter novos hábitos.
Leia mais: 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

500 ANOS DA REFORMA

500 ANOS DA REFORMA

Postagens populares

.

E SE FOSSE VOCÊ?

E SE FOSSE VOCÊ?

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!
Você deseja honrar o corpo de Cristo? Não o ignore quando ele está nu. Não o homenageie no templo vestido com seda quando o negligencia do lado de fora, onde ele está malvestido e passando frio. Ele que disse "Este é o meu corpo" é o mesmo que diz "Tu me vistes faminto e não me destes comida" e «quantas vezes o fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim o fizestes» (Mateus 25:40)... Que importa se a mesa eucarística está lotada de cálices de ouro quando seu irmão está morrendo de fome? Comeces satisfazendo a fome dele e, depois, com o que sobrar, poderás adornar também o altar.

João Crisóstomo, Comentário sobre Mateus

♛ Uma das características mais recorrentes das homilias de João Crisóstomo (347-407) é sua ênfase no cuidado com os necessitados. Ecoando temas do Evangelho de Mateus, ele exorta os ricos a abandonarem o materialismo para ajudar os pobres, empregando todas as suas habilidades retóricas para envergonhar os ricos e obrigá-los a abandonar o consumismo mais conspícuo:


“Honras de tal forma teus excrementos a ponto de recebê-los em vasilhas de prata quando outro homem criado à imagem de Deus está morrendo de frio?”


— João Crisóstomo