"AO CONTRÁRIO DE MUITOS, NÃO NEGOCIAMOS A PALAVRA DE DEUS VISANDO A ALGUM LUCRO; ANTES, EM CRISTO FALAMOS DIANTE DE DEUS COM SINCERIDADE, COMO HOMENS ENVIADOS POR DEUS". 2 Coríntios 2. 17



terça-feira, 19 de julho de 2016

* Eu, o Problema / Colunista Cris Boanerges

Eu, o Problema 🙏 


Olá meus queridos. Eu tenho lido bastante e isso tem me feito um bem enorme. E hoje meditando na vida de um rei, o Espírito Santo me tocou pra escrever sobre ele.

Em 2 Crônicas 26 encontramos o breve relato sobre o reinado de Uzias. Achei bem pertinente fazer as considerações sobre ele porque se encaixa perfeitamente em nossas vidas nos dias de hoje.

A posse do trono- 2 Cr 26:1-3

Uzias foi coroado rei aos 16 anos de idade, um dos mais jovens da história. Mesmo assim ele não se acovardou diante do chamado de Deus, pois sabia que o mesmo o capacitaria. Quantas vezes nós levamos Deus em banho-maria (é como falamos em Minas, rsrs) esperando que Ele desista de nos chamar, porque achamos difícil demais; como se houvesse algo difícil pra Ele. Ou esperando que vá cair um milagre do céu nos colocando no ponto exato que Deus quer pra cumprirmos nossas funções. Pra cumprir um chamado, é preciso coragem, orações, jejum, e às vezes preparo, estudo, um curso, uma faculdade, etc.; mas antes mesmo de dizermos sim para o Senhor, já damos a batalha por perdida.

Instruções- 2 Cr 26:4-5

Neste trecho eu vejo a importância de ouvirmos bons conselhos de quem dá testemunho do que fala. Muitas vezes estamos prontos pra ouvir a qualquer um que vai de encontro com nossos orgulhos e nossas birras com a vida, mas Uzias escolheu ouvir quem falava de Deus e não de si próprio. Em nossa caminhada cristã iremos encontrar pessoas que estarão prontas a concordar com nossos pecados massageando nosso ego, e isso faz bem. Mas é como o ditado diz: ”Por fora bela viola, por dentro pão bolorento.”. Não se deixe enganar assim. Na maioria das vezes o que precisamos ouvir e nos atentar são coisas que vão doer. Uzias contava com os ensinamentos e exemplos que seu pai tinha dado antes de morrer e conselhos do sábio Zacarias que falava no Senhor. Assim ele prosperou enquanto fazia.

Trabalho em Equipe- 2 Cr 26:11-15

Tem gente que gosta de trabalhar sozinho com a geniosa desculpa: “Se quer algo bem feito, faça você mesmo!”. Ok, concordo em partes. Mas Deus nos chama pra trabalhar em grupo. Isso tudo nada mais é que uma desculpa que damos a nós mesmos pra que os holofotes estejam em nós apenas. Uzias descobriu que um reinado de sucesso estava fortificado na vontade de Deus em ter uma boa equipe comprometida com o êxito das tarefas. Isso nos alerta também pra que não nos prendamos em ter qualquer um em nossa equipe. Existem pessoas que não querem firmar compromisso na obra do Senhor, ou mesmo, pessoas que se deixam levar pelos desejos carnais e colocam todo um ministério a ruir. Com estes devemos tomar cuidado, pois satanás está atento para usá-los. Deus mesmo se encarrega de colocar pessoas sérias e fiéis a Ele, em nosso caminho; cabe a nós identificá-las.

A Queda por Orgulho- 2 Cr 26:16

Não há nada mais devastador na vida de um cristão que o orgulho. O orgulho nem sempre é identificado por todos que o rodeiam e quase nunca identificado pela própria pessoa que o nutre. Uzias ia bem, até que o orgulho o tomou para si. Neste caso, Uzias pensou que sendo rei, poderia ocupar qualquer função, qualquer espaço. Ele almejou a função dos sacerdotes e queria queimar incenso. O detalhe é que cada pessoa é escolhida por Deus para cada ministério. Ele escolhe, capacita, abençoa com dons e talentos; portanto jamais tome um lugar que não é seu. O que é seu está reservado pra você. Uzias era rei e cabia a ele exercer o que lhe foi proposto. Quantas vezes olhamos pra grama do vizinho, e a achamos bem mais verdinha e viçosa que a nossa! Não imaginamos o trabalho que dá podar, acordar mais cedo pra regar, adubar, lutar contra as ervas daninhas e condições climáticas. Temos a mania de achar que tudo cai do céu pro irmão, mas pra nós a vida tem sido muito injusta.

Rebeldia e Castigo- 2 Cr 26:17-21

Como disse anteriormente, queremos ouvir pessoas que massageiam nosso ego e deixam nossos pecados em paz. Mas surgirão pessoas ungidas por Deus pra nos alertar, então no dia do juízo não haverá justificativa suficiente pra explicar nossa rebeldia em continuar fazendo o que é mau. Uzias, ali mesmo no santuário, antes que concretizasse seu pecado, com o incenso na mão foi advertido pelos sacerdotes a rever sua atitude. Em toda nossa caminhada temos sempre duas escolhas, a boa e a má. Não nos enganemos! Uzias escolheu a má, rebelar-se. Quantas vezes nossa vida vai mal por culpa nossa, então Deus coloca irmãos, o pastor, a mula de Balaão e etc., pra falar conosco, mas não queremos ouvir, antes nos iramos contra todos. E finalmente quando estamos no fundo do poço, acordamos. Tanta dor poderia ter sido evitada! Uzias se irou contra a repreensão e no mesmo instante foi castigado na frente de todos, permanecendo leproso até o fim de seus dias. Haverá consequências de pecado em nossas vidas que iremos colher pra sempre, por isso, quando ouvir a repreensão de Deus, obedeça.

Fama- 2 Cr 26:23

Uzias morreu com 68 anos, enterrado junto com seus antepassados no cemitério de reis. Nota-se que nada fugiu da normalidade. Ele foi honrado depois de sua morte, assim como os reis de sua família, mas sua fama nunca foi esquecida. Não importa o quanto você tente esconder a sujeira debaixo do tapete, as pessoas jamais vão esquecer quem você foi. Como você quer ser lembrado? Um servo bom e fiel que combateu o bom combate e guardou a fé? Que conduziu muitas almas perdidas à luz? Que colaborou com sua igreja local? Ou uma pessoa marrenta, difícil de lidar e rebelde que só dava trabalho para os líderes de sua igreja e não colaborava com nada? Pense bem, as escolhas que você faz hoje, determina seu futuro amanhã.

Eu aprendi muito com esse breve capítulo. Espero que você que está lendo possa tirar nem que seja uma pequena lição. Deus abençoe sua vida! Cristina Boanerges 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

500 ANOS DA REFORMA

500 ANOS DA REFORMA

Postagens populares

.

E SE FOSSE VOCÊ?

E SE FOSSE VOCÊ?

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!
Você deseja honrar o corpo de Cristo? Não o ignore quando ele está nu. Não o homenageie no templo vestido com seda quando o negligencia do lado de fora, onde ele está malvestido e passando frio. Ele que disse "Este é o meu corpo" é o mesmo que diz "Tu me vistes faminto e não me destes comida" e «quantas vezes o fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim o fizestes» (Mateus 25:40)... Que importa se a mesa eucarística está lotada de cálices de ouro quando seu irmão está morrendo de fome? Comeces satisfazendo a fome dele e, depois, com o que sobrar, poderás adornar também o altar.

João Crisóstomo, Comentário sobre Mateus

♛ Uma das características mais recorrentes das homilias de João Crisóstomo (347-407) é sua ênfase no cuidado com os necessitados. Ecoando temas do Evangelho de Mateus, ele exorta os ricos a abandonarem o materialismo para ajudar os pobres, empregando todas as suas habilidades retóricas para envergonhar os ricos e obrigá-los a abandonar o consumismo mais conspícuo:


“Honras de tal forma teus excrementos a ponto de recebê-los em vasilhas de prata quando outro homem criado à imagem de Deus está morrendo de frio?”


— João Crisóstomo