"Ao contrário de muitos, não negociamos a Palavra de Deus visando a algum lucro; antes, em Cristo falamos diante de Deus com sinceridade, como homens enviados por Deus".
2 Coríntios 2.17


terça-feira, 16 de dezembro de 2014

* Silvestre Kuhlmann / Biografia & Canções


Seja pela variedade rítmica, pelo timbre da voz (já foi chamado de “Milton do Novo Nascimento”), seu talento como instrumentista ou pela beleza da poesia contida em suas canções, não dá pra negar: ouvir Silvestre Kuhlmann é bom demais.


Silvestre Moysés Loyolla Kuhlmann (Silvestre Kuhlmann), nascido em São Paulo-SP, em 12/10/72.
Bacharel em violão erudito pela Faculdade de Música Carlos Gomes (1996), gravou onze cds como intérprete (O Quadro Mais Elevado do Homem-2000/ Louvor ao Doador da Vida-2002/ A Risada-2003/ Alvíssaras-2003/ A Mais Bela Poesia-2005/ Dedo de Prosa-2007/ Milagres-2009/ Leve é a Pena-2010/ Nome Bendito-2011/ Vi Oleiro-2013 / O Carpinteiro-2014).
É autor do Livro "Trabalha, Poeta!", lançado em 2013 pela Editora Reflexão.
É compositor, cantor e poeta, com mais de trezentas canções de sua autoria. Em seus discos, vê-se a variedade rítmica brasileira: baião, samba, bossa, frevo, marcha, toada, boi, chôro, ijechá, xaxado e xote ; Silvestre é poeta: escreve letras densas que evidenciam devoção, preocupação social, humor e romantismo. Suas harmonias são belas e escolhidas com um cuidado de artesão.
Apresentou-se com seu trabalho de composição nos Estados do Pará, Ceará, Tocantins, Alagoas, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e em Brasília, Distrito Federal, entre outros.
É membro da Comunidade de Jesus em São Paulo.
Casado com Adriane.

Quando estou triste, leio;
Nas letras encontro recreio,
Despeço-me do mundo feio,
A literatura é um meio
De ver meu dilema.


Quando estou triste, rimo,
Faço das rimas, arrimo,
Tiro, das pedras, o limo,
Dou-me um presente, um mimo:
Um novo poema.

Quando estou triste, canto,
Achego-me Àquele que é Santo;
E em êxtase, cheio de encanto,
Saio do chão, me levanto.
Esqueço o problema.


"Composição"
Letra: Silvestre Kuhlmann
Música: Gladir Cabral 







                    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

💪 Nós aprendemos com Jesus que a verdadeira masculinidade não é simplesmente manter nossos narizes limpos e nossa casa em ordem. A verdadeira masculinidade significa enxergar além de nós mesmos para amar nosso próximo – e nosso próximo é qualquer um que encontramos em necessidade. O homem de verdade livremente doa seu tempo, recursos, atenção, energia e apoio emocional para aqueles que precisam, sem se preocupar em como eles podem retribuir. Seja você casado ou solteiro, se você não está servindo ao seu próximo abnegadamente e sacrificialmente, você não está exercendo completamente a masculinidade bíblica.

Phillip Holmes



Postagens populares

.

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!
Você deseja honrar o corpo de Cristo? Não o ignore quando ele está nu. Não o homenageie no templo vestido com seda quando o negligencia do lado de fora, onde ele está malvestido e passando frio. Ele que disse "Este é o meu corpo" é o mesmo que diz "Tu me vistes faminto e não me destes comida" e «quantas vezes o fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim o fizestes» (Mateus 25:40)... Que importa se a mesa eucarística está lotada de cálices de ouro quando seu irmão está morrendo de fome? Comeces satisfazendo a fome dele e, depois, com o que sobrar, poderás adornar também o altar.

João Crisóstomo, Comentário sobre Mateus

♛ Uma das características mais recorrentes das homilias de João Crisóstomo (347-407) é sua ênfase no cuidado com os necessitados. Ecoando temas do Evangelho de Mateus, ele exorta os ricos a abandonarem o materialismo para ajudar os pobres, empregando todas as suas habilidades retóricas para envergonhar os ricos e obrigá-los a abandonar o consumismo mais conspícuo:


“Honras de tal forma teus excrementos a ponto de recebê-los em vasilhas de prata quando outro homem criado à imagem de Deus está morrendo de frio?”


— João Crisóstomo


-

OREM PELOS CRISTÃOS

OREM PELOS CRISTÃOS