"Ao contrário de muitos, não negociamos a Palavra de Deus visando a algum lucro; antes, em Cristo falamos diante de Deus com sinceridade, como homens enviados por Deus".
2 Coríntios 2.17


sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

* Direito & Cristianismo / Livro

O LIVRO 

Este livro se propõe a transmitir o pensar de cada articulista a respeito de temas jurídicos atuais e polêmicos, sempre tendo como fio condutor o compromisso de fomentar discussões acadêmicas à luz da prodigiosa cosmovisão cristã. Um trabalho feito com carinho para quem ama a Palavra de Deus e defende os valores cristãos, não importando sua específica área de estudo ou formal vinculação religiosa.

Serve a todos que desejam se inteirar dos mais variados debates jurídicos da atualidade, aqui enfrentados em perspectiva cristã e representa enorme importância para líderes compromissados com a busca do saber e com o aprimoramento técnico daqueles que prestam alguma atividade, voluntária ou não, perante o departamento jurídico-administrativo de cada denominação.

OS AUTORES 

Agenor de Souza Sampaio Neto

Advogado. Especialista em Direito Processual Civil pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). Mestre em Direito Privado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professor Efetivo do Curso de Direito da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Professor Substituto do Curso de Direito da Universidade Federal da Bahia (UFBA) nos anos de 2003 e 2004.

Alexandre Barreto Nascimento

Policial Militar do Estado de Sergipe. Licenciado em Geografia pela Universidade Tiradentes.

Almyr Carlos Favacho

Professor da Universidade Federal do Pará, mestre e especialista pela mesma instituição, membro fundador da Associação dos Advogados Evangélicos do Pará, autor de artigos jurídicos, professor dos cursos de Direito e Serviço Social. Membro junto ao Conselho Federal da OAB perante a Comissão de Estudos da reforma do Novo Código de Processo Civil.

Aloisio Cristovam dos Santos Junior

Doutor em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Mestre em Direito Político e Econômico pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Especialista em Direito Constitucional do Trabalho pela Universidade Federal da Bahia. Juiz do Trabalho da 5ª Região. Ex-Promotor de Justiça e Ex-Procurador do Estado da Bahia. Bolsista da CAPES – Proc. 0069/10-8 – em programa de estágio doutoral na Universidade de Coimbra. Email: acristovamjr@gmail.com.

Antonio Carlos da Rosa Silva Junior

Mestre e Doutorando em Ciência da Religião (UFJF), Especialista em Ciências Penais (UNISUL) e em Direito e Relações Familiares (UNIVERSO) e Bacharel em Direito (UFJF). Autor de Deus na prisão: uma análise jurídica, sociológica e teológica da capelania prisional (Editora Betel, 2013). Oficial de Apoio Judicial do TJMG. Gestor do site www.direitoereligiao.com.br. Email: acarlos_juridico@yahoo.com.br.

Antonio Maria Chaves Novaes

Analista Judiciário do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, Especialista em Direito Processual pela Universidade da Amazônia.

Dilson Cavalcanti Batista Neto

Mestre em Direito Público pela UFBA. Bacharel em Direito pela UFS. Professor do Centro Universitário Adventista de São Paulo localizado em Engenheiro Coelho (UNASP). Advogado.

Francisco Milton Araújo Júnior

Juiz Federal do Trabalho - Titular da 2ª Vara do Trabalho de Macapá/Ap. Mestre em Direito do Trabalho pela Universidade Federal do Pará - UFPa. Especialista em Higiene Ocupacional pela Universidade de São Paulo – USP. Professor das disciplinas de Direito do Trabalho e Processo do Trabalho na Faculdade SEAMA/AP e colaborador da Escola Judicial do TRT DA 8ª REGIÃO — EJUD8.

Gilberto Garcia

Advogado, Pós-Graduado e Mestre em Direito. Especialista em Direito Religioso, Professor Universitário e Membro do Instituto dos Advogados Brasileiros. Autor dos Livros: “O Novo Código Civil e as Igrejas” e “O Direito Nosso de Cada Dia”, Editora Vida, bem como, do “Novo Direito Associativo”, e Coautor na Obra Coletiva: “Questões Controvertidas - Parte Geral do Código Civil”, Editora Método, e ainda, autor do DVD - Palestra: “Implicações Tributárias das Igrejas”, Editora CPAD. Gestor do Site: www.direitonosso.com.br.

Glauco Barreira Magalhães Filho

Mestre em Direito Público (UFC), Doutor em Sociologia do Direito (UFC), Livre Docente em Filosofia do Direito (UVA), Professor da UFC/ESMEC/ESMP, Coordenador do Curso de Direito da Fametro, Membro da Academia Cearense de Letras Jurídicas, Autor de vários livros jurídicos, entre os quais: Hermenêutica e Unidade Axiológica da Constituição (3a ed.), Hermenêutica Jurídica Clássica (3a ed.), A Essência do Direito (2a ed.) e Teoria dos Valores Jurídicos.

Jeedir Rodrigues de Jesus Gomes

Professor do Plano Nacional de Formação Docente (PARFOR) da Universidade Federal do Pará – UFPa, do Centro de Ensino Superior do Pará - CESUPA e Diretor da EEEF Professor Temístocles de Araújo. Graduado em Ciência Biológicas (Licenciatura) pela UFPa e Mestre em Educação em Ciências Matemáticas pelo Núcleo de Apoio ao Desenvolvimento Científico – NPADC / UFPa.

José Affonso Dallegrave Neto

Advogado. Professor de Direito da PUC, Ematra-IX, LFG e Unicuritiba. Mestre e Doutor em Direito pela UFPR. Membro da Academia Nacional de Direito do Trabalho. Membro e Preletor do Grupo “Advogados de Cristo” da PIB – Primeira Igreja Batista de Curitiba.

Marcos Melo

Advogado. Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Pará – UFPa. Especialista em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho pela Universidade Anhanguera - UNIDERP.

Ney Maranhão

Juiz do Trabalho (TRT da 8ª Região - PA/AP). Doutorando em Direito do Trabalho pela Universidade de São Paulo (USP). Mestre em Direitos Humanos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Especialista em Direito Material e Processual do Trabalho pela Università di Roma – La Sapienza (Itália). Professor convidado da Universidade da Amazônia (UNAMA) (em nível de pós-graduação) e das Escolas Judiciais dos Tribunais Regionais do Trabalho da 8ª (PA/AP), 14ª (RO/AC) e 19ª Regiões (AL). Membro do Instituto Goiano de Direito do Trabalho (IGT), do Instituto de Pesquisas e Estudos Avançados da Magistratura e do Ministério Público do Trabalho (IPEATRA) e do Instituto Brasileiro de Direito Social Cesarino Junior (IBDSCJ). Email: ney.maranhao@gmail.com.

Platon Teixeira de Azevedo Neto

Juiz do Trabalho (TRT da 18ª Região - GO). Mestrando em Direitos Humanos pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Membro do Instituto Goiano de Direito do Trabalho (IGT). Presidente da Associação dos Magistrados do Trabalho da 18ª Região (AMATRA 18 – biênio 2011-2013). Professor universitário. Email: platonteixeira@uol.com.br.

Priscila da Mata Cavalcante

Promotora de Justiça do Ministério Público do Paraná. Graduada em Direito pela USP – Universidade de São Paulo, com Mestrado em Direito Público pela UFBA – Universidade Federal da Bahia.

Raimundo Itamar Lemos Fernandes Júnior

Juiz Federal do Trabalho - Titular da 16ª Vara do Trabalho de Belém/Pa. Mestre em Direito do Trabalho pela Universidade da Amazônia - UNAMA. Professor do Curso de Pós Graduação da Universidade da Amazônia – UNAMA. Membro da Comissão Editorial da Revista do TRT DA 8ª REGIÃO e colaborador da Escola Judicial do TRT DA 8ª REGIÃO — EJUD8.

Rodolfo Pamplona Filho

Juiz Titular da 1ª Vara do Trabalho de Salvador/BA. Professor Titular de Direito Civil e Direito Processual do Trabalho da Universidade Salvador – UNIFACS. Professor Adjunto da Graduação e Pós-Graduação em Direito da UFBA – Universidade Federal da Bahia. Coordenador do Curso de Especialização Lato Sensu em Direito e Processo do Trabalho da Faculdade Baiana de Direito. Membro da Academia Nacional de Direito do Trabalho e da Academia de Letras Jurídicas da Bahia. Mestre e Doutor em Direito do Trabalho pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Especialista em Direito Civil pela Fundação Faculdade de Direito da Bahia. Membro da Igreja Presbiteriana da Aliança (Salvador/BA).

Sérgio Humberto de Quadros Sampaio

Juiz de direito do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia. Doutorando em Direito Público pela Universidade de Burgos/Espanha; Mestre (D.E.A) em Direito Público pela Universidade de Burgos/Espanha. Especialista em Direito Penal pela Universidade de Salamanca / Espanha; Graduado em Direito pela Universidade Católica do Salvador - UCSal, 1995.2. Autor do livro“Audiência Virtual - Videoconferência e outras questões" (ed. Impetus), co-autor dos livros“Princípios Penais Constitucionais - Direito e Processo à luz da Constituição Federal” (ed. Podivm) e “El retorno a la sociedad civil - Democracia, ciudadania, y pluralismo en el siglo XXI” (ed. Dykinson).

Suzana Bispo de Oliveira

Bacharela em Direito pela Universidade Salvador (UNIFACS) e Soldado da Polícia Militar do Estado da Bahia.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

💪 Nós aprendemos com Jesus que a verdadeira masculinidade não é simplesmente manter nossos narizes limpos e nossa casa em ordem. A verdadeira masculinidade significa enxergar além de nós mesmos para amar nosso próximo – e nosso próximo é qualquer um que encontramos em necessidade. O homem de verdade livremente doa seu tempo, recursos, atenção, energia e apoio emocional para aqueles que precisam, sem se preocupar em como eles podem retribuir. Seja você casado ou solteiro, se você não está servindo ao seu próximo abnegadamente e sacrificialmente, você não está exercendo completamente a masculinidade bíblica.

Phillip Holmes



Postagens populares

.

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!
Você deseja honrar o corpo de Cristo? Não o ignore quando ele está nu. Não o homenageie no templo vestido com seda quando o negligencia do lado de fora, onde ele está malvestido e passando frio. Ele que disse "Este é o meu corpo" é o mesmo que diz "Tu me vistes faminto e não me destes comida" e «quantas vezes o fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim o fizestes» (Mateus 25:40)... Que importa se a mesa eucarística está lotada de cálices de ouro quando seu irmão está morrendo de fome? Comeces satisfazendo a fome dele e, depois, com o que sobrar, poderás adornar também o altar.

João Crisóstomo, Comentário sobre Mateus

♛ Uma das características mais recorrentes das homilias de João Crisóstomo (347-407) é sua ênfase no cuidado com os necessitados. Ecoando temas do Evangelho de Mateus, ele exorta os ricos a abandonarem o materialismo para ajudar os pobres, empregando todas as suas habilidades retóricas para envergonhar os ricos e obrigá-los a abandonar o consumismo mais conspícuo:


“Honras de tal forma teus excrementos a ponto de recebê-los em vasilhas de prata quando outro homem criado à imagem de Deus está morrendo de frio?”


— João Crisóstomo


-

OREM PELOS CRISTÃOS

OREM PELOS CRISTÃOS