segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Acervo da Teologia

Marcha pra Jesus, Uma Ilusão de União - Michael Rossane


Porque sou contra a "Marcha pra Jesus"?

Algumas razões...

É notório o crescimento do número de pessoas que se dizem evangélicas no país. Crescente também é o número de denominações que se multiplicam a cada dia. Muitas delas surgem a partir de desavenças e competição, como é o caso de algumas megas igrejas do Brasil. Por essas e outras que sou contra a essas "marchas que pra Jesus tem muito pouco, e bem pouco". 

Uma grande parte dos evangélicos e igrejas são desunidas mesmo e todos sabem disso, a competição é nítida, até entre as próprias denominações, cada uma defendendo a sua placa, sua comunidadizinha, uma ilusão é pensar que através de um grande movimento cristão como esses pelo país, que a igreja é unida, só que não, assim como os shows gospel e marchas pra Jesus, acaba ali a emoção e a empolgação e cada um retorna para suas igrejas ou melhor, "tribos", e para suas vidas egocêntricas e individualistas, como é para muitos, é de shows para marchas, de cultos para congressos e conferências, e prática mesmo, nada... Nas palavras de George Peters: “O mundo está muito mais preparado para receber o Evangelho do que os cristãos para o propagar”. 

Outra razão desanimadora. A maioria das igrejas cristãs brasileiras não investem em missões, não dão prioridade ao evangelismo e muito menos a filantropia, são miseráveis, que lástima, uma igreja assim já está morta a tempos e sem visão, verdade ou não? "Marcha" pra Jesus e shows gospel não é missões e muito menos evangelismo, não da forma que deveria ser, pode até obter algum resultado, mas o que vemos é puro estrelismo, desperdício de dinheiro e egos aguçados dos cantores e pastores, o que isso tem de missões? 

Com todo esse dinheiro desperdiçado, e nas grandes marchas que são realizadas, vai milhões para o ralo, dinheiro público, até me faz lembrar das obras públicas e da grana que é lançada ao ralo, mas o assunto aqui é outro, se de fato o intuito é espalhar o Evangelho como afirma aí os pastores artistas, porque não pegam todo esse dinheirão para investir na construção de creches, asilos, casas de recuperação, orfanatos e escolas? Instituições que estão a espera de ajuda. 

Porque não pegam um dinheirão desse para investir no envio de missionários o que muitas dessas megas e pequenas igrejas não fazem, não sabem nem das muitas dificuldades que diversas famílias passam no campo, na verdade não sabem nem mesmo o que é um missionário e o que eles fazem, triste né, mas é a realidade, não se importam com os irmãozinhos carentes da igreja, com os menos favorecidos da comunidade e vizinhos, e lá está o imenso painel missionário nas paredes das igrejas, apenas para enfeites, de missionária ela não tem nada, mas o importante é que participam das "marchas pra Jesus", e muitas selfies com os irmãos reunidos, chorando, cantando, pulando ou gritando, que contraste. Não estou dizendo que não podemos nos divertir, e pra mim esse é um momento pra isso, não vejo outro motivo, um momento pra descontração. 

Uma grande parte das igrejas não estão preocupadas em ganhar vidas para Cristo, só pregam sobre dinheiro, vendem produtos, rifas, materiais ungidos, megas construções e as vidas se lascando, verdade ou não? A maioria pagando e muito bem os seus pastores para fazer pouco ou nada como alguns aí, e fiéis desempregados dentro das igrejas e sem assistência, verdade ou não? E mais, “dois terços da população mundial não dormem porque estão com fome e o outro terço não dorme com medo dos que estão com fome”. Um quadro que a igreja teria o poder de mudar, mas se omite! 

Muitos músicos bonitinhos que encontramos ali, tem pendências na justiça contra as igrejas e pastores, direitos autorais, rixas no seio da liderança, e a maioria desigrejados, bem distantes da comunhão cristã. Como podem dizer que a igreja tá unida, apenas a um movimento? Sem lógica! Até concordo em se tratando de uma campanha para angariar recursos para um projeto ou ONG, justificaria um show gospel ou algo nesse sentido.

Jesus não mandou ninguém ajuntar multidões, grupos e bandas para fazer shows em avenidas, mas para obedecer o IDE, investir em Missões, colocar os pés na estrada para ir em busca dos necessitados e perdidos, prestar assistência aos fiéis, dar assistência aos missionários, o mais eficaz evangelismo está aqui... Sua igreja faz isso? Se faz, ela de fato uma igreja e está cumprindo o seu papel!!! 

Marcha pra Jesus ao meu ver, são aqueles cristãos espalhados em muitos países a caminho da cruz por pregarem o Evangelho, são aqueles cristãos e missionários que atuam nas favelas do Brasil e periferias, tribos indígenas e prisões, aqueles por trás de uma igreja relevante na comunidade, arriscando as próprias vidas em prol do Evangelho, por amor a Jesus e as vidas. Marcha pra Jesus foi a que os discípulos e país da igreja fizeram, a caminho da prisão, da crucificação, da perseguição, da fogueira e muitas outras...  

Que Deus desperte a sua igreja para o que é essencial ao Reino de Deus, tirando as escamas dos nossos olhos e surdez dos nossos ouvidos.  

Se discordam ou não, respeito!!!

MichaelRossane 
Filantropo e presidente da Associação Cristã de Apoio a Vulnerável de Anápolis-Goiás. (ACAV

Acervo da Teologia

About Acervo da Teologia -

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Subscribe to this Blog via Email :