sábado, 21 de julho de 2012

Portal Teologia & Missões

*Conheça os Seus Limites / John Mason

Conheça os seus limites . . . e esqueça! 

 A vida é curta demais para se pensar pequeno. Em vez disso, faça como o meu pastor, Joe Budd, que nos encoraja ao dizer: “Ultrapasse as suas fronteiras.”

A maioria das pessoas pode fazer mais do que pensa que pode, mas em geral faz menos. Nunca se sabe o que se pode fazer até que se tente. Concordo com as seguintes palavras de Oscar Wilde: 
“A moderação é fatal. Nada se compara ao excesso.” Tudo é possível — jamais use a palavra nunca. Charles Schwab afirmou: “Quando um homem estabelece um limite para o que fará, já estabeleceu um limite para o que pode fazer.”
O Dr. J. A. Holmes alertou: 
“Nunca diga a um jovem que algo não pode ser feito. Quem sabe se Deus não esperou durante séculos justamente por alguém que ignorasse suficientemente o impossível, a ponto de realizar exatamente aquilo.” 
Se você desvaloriza os seus próprios sonhos, ninguém dará valor a eles. Você acabará descobrindo que os grandes líderes raramente são “realistas”, de acordo com o padrão dos outros.

A resposta para o seu futuro se encontra fora dos limites que traçou para si mesmo. Se você deseja saber se realmente consegue nadar, não perca tempo em águas rasas. Segundo Cavett Robert:

“Qualquer pessoa que escolhe um alvo plenamente alcançável na vida já definiu os seus próprios limites.” Em vez disso, siga o conselho de Art Sepulveda: “Faça história e agite o mundo.” 

Vá a lugares em que você nunca esteve antes.

“Só se torna um vencedor aquele que está disposto a romper
os limites”, declarou Ronald McNair. Veja pela perspectiva
de Randy Loescher: “Deus diz: ‘Peça-me a montanha’.” A Bíblia
diz: “O que é impossível para os homens é possível para Deus”
(Lucas 18:27). Elimine o que o impede.

Quando alguém escala a árvore mais alta, conquista o
direito aos melhores frutos. “Sua vida está muito infeliz?”, perguntou
Dag Hammarskjold; “Não seriam as suas mãos que são
pequenas demais, ou a sua visão que está embaçada? É você que
precisa florescer!” Gloria Swanson afirmou: “Nunca diga nunca.
Nunca é algo muito distante e incerto, e a vida é rica demais em
possibilidades para que seja restringida dessa forma.”

Crer na impossibilidade de algo faz com que tal coisa se
torne impossível. Pense em quantos projetos maravilhosos deixaram
de ser concretizados por causa de uma mentalidade estreita;
ou em outros tantos que foram inviabilizados desde a sua concepção
por pura covardia. Gosto da resposta dada por Marabeau
quando alguém pronuncia a palavra “impossível”: “Não quero
ouvir essa palavra tola de novo.”

Pearl Buck certa vez declarou: “Todas as coisas são possíveis
até que se comprovem impossíveis — e até mesmo o impossível
pode assim o ser apenas por este instante.” E John Ruskin
afirmou: “Tenha sonhos elevados, pois na medida em que os tiver,
assim você se tornará. Sua visão é a promessa daquilo que
você deverá desvelar.” Sempre tem alguém fazendo o que outra
pessoa dizia ser impossível. Ouse pensar no impensável.

Desenvolva uma capacidade ilimitada de ignorar o que outras
pessoas acreditam que não possa ser feito. Não brote simplesmente
onde está plantado. Floresça onde está plantado e dê frutos.
Como afirmou Daniel Webster: “Há sempre espaço mais acima.”
Ninguém pode predizer a que alturas você pode chegar. Nem mesmo
você poderá saber, até que abra totalmente as suas asas.

Ouça ao que diz Shakespeare: “Nada pode resultar de nada.”

Uma crença é inútil enquanto não for transformada em ação.
A palavra trabalho não é um conceito bíblico obscuro; ele é mencionado
nela mais de quinhentas vezes. Muitas vezes, a resposta
mais direta para a sua oração é: comece a trabalhar.

“Empenhar-se para ser bem sucedido sem trabalhar com afinco
é o mesmo que tentar colher onde não se plantou” (David Bly).

Aquilo em que acredita não terá muito valor, a menos que faça com
que você desperte de seu sonho e comece a trabalhar. Você não
pode simplesmente ficar sonhando com o que poderia ser. O preguiçoso
só tem sucesso quando procura não fazer nada. Um famoso e
antigo ditado expressa essa verdade da seguinte forma: 
“A preguiça viaja tão devagar que a pobreza logo a ultrapassa.”
Aquele que desperdiça imensos períodos de tempo falando
sobre o sucesso conquistará o “prêmio” do fracasso. Quando se é
preguiçoso, é preciso trabalhar duas vezes mais. É uma contínua
provação para quem sempre tenta conseguir algo sem fazer nada.
Deus não fez suco de maçã, e sim as maçãs. Alguns dizem que
nada é impossível, entretanto existem inúmeras pessoas fazendo
nada todos os dias.

Alguns fazem as coisas enquanto outros ficam sentados
por aí e se tornam especialistas em como as coisas deveriam ser
feitas. O mundo está dividido entre os que fazem as coisas e os
que falam sobre fazer coisas. Junte-se ao primeiro grupo — a
competitividade lá é muito menor!

Creio que Deus não nos deu o trabalho como um fardo,
mas como uma benção. 
“Todo homem é igual quanto às suas promessas. Eles se distinguem apenas por seus feitos” (Molière).
Ficar desejando jamais enriqueceu um pobre. Robert Half expõe
o engano:
“A preguiça é o ingrediente secreto misturado ao fracasso; no entanto, o segredo só é mantido para o fracassado”.
Repita para si mesmo: “Idéias não podem sustentar compromissos
prolongados; elas exigem o casamento imediato com
a ação” (Brendon Francis).

Não há nada no meio da estrada além do risco de ser atropelado.

Minha decisão é talvez — e ponto final!” É assim que você
age? Ser decidido é uma chave indispensável para que alguém
tenha sucesso na vida. Se você se negar a assumir compromissos,
que tipo de vida terá? Toda realização — grande ou pequena
— começa com uma decisão.

São as escolhas e não a sorte que determinam o seu futuro.
Existem inúmeras pessoas que passam pela vida sem saber o
que querem, mas com a certeza de não obter tal coisa. Como
bem expressou Herbert Prochnow: “Existem momentos em que
precisamos escolher com firmeza o curso que seguiremos, ou os
incansáveis ventos das circunstâncias tomarão as decisões em
nosso lugar.”

Existem muitas pessoas que são como carrinhos de mão,
trailers ou canoas; que necessitam ser empurrados, puxados ou
impulsionados com remos para que cheguem a algum lugar.
Compreenda que ou você estimula os outros a tomarem decisões
ou eles estimulam você. Decida fazer algo agora para tornar a sua
vida melhor. A escolha é sua.

David Ambrose declarou:
“Se você deseja vencer, já está a meio caminho para o sucesso; se não tem essa vontade, está a meio caminho do fracasso.”
“Dificilmente você consegue o que almeja se não souber
com antecedência o que deseja”, disse Maurice Witzer. A indecisão
freqüentemente dá a vantagem a outra pessoa que já tenha
refletido por antecipação. Como expressou acertadamente Helen
Keller: “A ciência pode ter encontrado a cura para a maioria
dos males, no entanto ainda não encontrou o remédio para o
pior de todos — a apatia dos seres humanos.” Josué nos encoraja:

“Escolham hoje a quem irão servir...” (Josué 24:15). Não deixe
para decidir amanhã o que precisa ser decidido hoje.

 Bertrand Russell ponderou: “Nada é tão extenuante quanto
a indecisão, e nada é mais fútil.” “Não o que temos, mas o que
usamos; não o que vemos, mas o que escolhemos — essas são
as realidades que frustram ou abençoam a felicidade humana”,
declarou Joseph Newton. Lembre-se: não seja do tipo que está
sempre em cima do muro ou no meio da estrada, porque ficar no
meio da estrada é a pior maneira de se avançar. Decida-se hoje a
favor do seu sonho!

Portal Teologia & Missões

About Portal Teologia & Missões -

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Subscribe to this Blog via Email :